DESTAQUE

Frota diz que Bolsonaro desistiu de "abrir a caixa preta do BNDES" ao ver Hang na lista

02 Jan de 2019 do YacoNews

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP), ex-aliado e hoje desafeto do clã Bolsonaro, disse nesta quinta-feira 2/I que Jair Bolsonaro desistiu de "abrir a caixa preta do BNDES" ao deparar com o nome de Luciano Hang, dono das lojas Havan e militante bolsonarista.



Horas antes, Frota compartilhou no Twitter uma reportagem da Carta Campinas com o título "Hang, apoiador de Bolsonaro, pegou 50 empréstimos do BNDES durante os governo do PT". Frota escreveu que "Hang, apoiador de Bolsonaro, pegou 50 empréstimos do BNDES durante os governo do PT – abriu 100 lojas. Mas os empréstimos eram para máquinas não para lojas. Finame é o tipo de empréstimo feito mas teve sua finalidade alterada", tuitou.

A reportagem em questão foi publicada em julho de 2019 e diz que "os empréstimos resultaram na abertura de quase 100 lojas em 13 estados do Brasil. No total, os empréstimos, com prazos de pagamento entre 60 meses (cinco anos) e 48 meses (quatro anos), totalizaram R$ 20,6 milhões. A informação foi publicada pelo jornalista Flávio ilha, no Jornal Extraclasse, do Rio Grande do Sul. A reportagem ainda diz que os empréstimos fraudaram a modalidade. A planilha do BNDES, a que a reportagem do Extra Classe teve acesso mostra que a maioria dos contratos firmados pela Havan Lojas de Departamentos Ltda junto ao BNDES foi na modalidade Finame, que se destina à aquisição de máquinas e equipamentos nacionais para financiar produção industrial".

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.