REGIÃO

Polícia pede internação de menor que matou bebê de um ano após ouvir voz em Tarauacá

07 Nov de 2019 do YacoNews
Por G1 AC

A Polícia Civil pediu ao Ministério Público do Acre (MP-AC) a internação do adolescente de 12 anos que que matou a pequena Meline Ramalho, de 1 ano, com um tiro no rosto após ouvir a voz de um homem.

O crime ocorreu em uma comunidade da zona rural de Tarauacá, interior do Acre, no dia 13 de agosto. Segundo a polícia, no depoimento, o menor confessou que limpava a arma do pai no momento em que viu um homem vestido de preto na porta ordenando que matasse a criança. Ele contou que se negou, mas, ao levantar da cadeira, a arma teria disparado e acertado a menina.

"Agora é só aguardar a manifestação do Ministério Pública e, posteriormente, a decisão da Justiça", informou o delegado Valdinei Soares, que comanda as investigações sobre o caso. 

O delegado informou que tanto o Boletim de Ocorrência Circunstanciado que investigava o ato infracional, como o inquérito que investigava o pai do garoto foram concluídos e encaminhados ao MP. O pai do adolescente foi indiciado pela posse ilegal de arma de fogo e omissão de cautela, que é quando o maior deixa que uma criança ou um adolescente se apoderem de arma de fogo. 

"Pedi a internação por ser um ato infracional grave, até que ele possa passar por um acompanhamento psicológico. Ainda estamos aguardando a manifestação do MP", informou o delegado.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.