ACRE

IPCA revela que preço do feijão foi o vilão dos últimos 12 meses

28 de Novembro de 2019 YACONEWS
CLEILTON PESSOA AMARAL
No mês de outubro, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) apresentou resultado de -0,14% para Rio Branco, e em relação ao mês anterior, uma variação de -0,04%.

O IPCA mede a inflação de produtos comercializados no varejo, baseado no consumo das famílias com rendimentos entre 1 e 40 salários mínimos.

No mês em questão, os grupos que retraíram os índices de preços foram: alimentação e bebidas (-0,16%), habitação (-2,64%), artigos de residência (-0,25%) e comunicação (-0,03%).

Já os que impulsionaram o índice, foram: vestuário (+0,72%), transportes (+0,74%), saúde e cuidados pessoais (+0,09%), e despesas pessoais (+0,25%).

A cesta básica que está contida nos subitens dos alimentos pesquisados, nos 12 meses acumulados, teve no feijão seu maior índice, +40,62%, seguido do tomate (+11,63%), óleo de soja (+11,56%), arroz (+7,48%), açúcar (+6,06%), manteiga (+2,78%) e pão francês (+1,98%).

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.