ACRE

Exame comprova abuso sexual em criança de 10 anos que era mantida em cárcere no AC, diz polícia

07 de Outubro de 2019 YACONEWS
Por Alcinete Gadelha, G1 AC 
A Polícia Civil informou ao G1, neste sábado (5), que o exame de corpo delito comprovou que a criança de apenas 10 anos, que era mantida em cárcere privado por um homem de 23 anos, foi estuprada.

O caso ocorreu na comunidade Porongaba, na zona rural de Porto Walter, no interior do Acre. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Obetâneo Santos, ele foi indiciado por estupro de vulnerável e cárcere privado. O caso é investigado desde o dia 11 de setembro, quando ele foi preso em flagrante.

"O que se tem é que o indivíduo realmente estuprou. Ela [criança] foi submetida a um exame de conjunção carnal e ele vai ser indiciado evidentemente pelos crimes", afirmou.

A polícia recebeu denúncia de que outras duas menores, de 13 e 16 anos, também teriam sido vítimas do homem, sendo que a de 16 também morava com o suspeito. Os outros dois estupros ainda estão sendo investigados, segundo o delegado.

"Um procedimento foi concluído, mas temos mais dois em andamento que são inquéritos instaurados a partir das denúncias que a polícia recebeu", disse o delegado sobre o caso. Ele ainda informou que a menina está com a família.

A família da criança de 10 anos foi ouvida e outras testemunhas devem ser ouvidas, assim como parentes das outras supostas vítimas. Ainda segundo o delegado, o homem, inicialmente negou os estupros, mas depois confessou que morava com a criança e que teve relações sexuais com a menor de 16. O homem foi levado para o presídio de Cruzeiro do Sul.

O delegado disse que vai pedir acompanhamento psicológico e social para a menina de 10 anos.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.