Opinião

Como lhe dá com convicções de um puxa-saco de político

23 Out de 2019 do YacoNews
Por Lucas Rodrigues

Não há como fugir: os puxa-sacos de políticos estão por toda parte. 

A concentração maior é nas redes sociais.

Você posta a foto de um pão e logo aparece alguém dizendo que a empresa que fabricou o pão doou R$ 20 mil para tal candidato, e o candidato empregou a tia da vizinha da madrinha do cachorro da filha do doador em cargo na administração pública.

Após o comentário, um alarme é acionado no puxa-saco, que corre para rebater a afirmação e transformar seu delicioso e fresquinho pão no pão que o diabo amassou.

Não há como discutir com eles. Cegos pelo partido/coligação/candidato, os cérebros destas pessoas já não conseguem mais processar nenhuma informação que contrarie as ideias preconcebidas que eles têm sobre o cenário político.

Se não há como discutir, fugir muito menos. São como baratas: resistentes e se mutam a qualquer ambiente. Quando você pensa que afugentou todas, surge uma no sapato tentando subir pela sua perna.

Como já alertou Sun Tzu, em “A Arte da Guerra”, “se você se conhece, mas não conhece o inimigo, para cada vitória ganha sofrerá também uma derrota”.

Ou seja, a única alternativa restante para enfrentar estes seres semiacéfalos é conhecendo-os e tentando imaginar o que se passa na cabeça deles

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.