ACRE

Acusadas de matar menino Rhuan vão a Júri popular

30 de Outubro de 2019 YACONEWSJARDEL ANGELIM/AGAZETA.NET
Rosana Auri da Silva Cândido e sua companheira Kacyla Pryscila Santiago foram a Júri popular nesta terça-feira (29), no Distrito Federal, por determinação do juiz Fabrício Castagna Lunardi.

A dupla é acusada de matar e esquartejar o menino Rhuan Maycon, de 9 anos, filho de Rosana. O juiz definiu que as acusadas devem ir a júri popular porque cometeram crime contra vida e tinham a intenção de matar.

Elas devem ser condenadas por homicídio qualificado, lesão corporal gravíssima, ocultação e destruição de cadáver, fraude processual e tortura.

Na semana passada, sete testemunhas do caso foram ouvidas, e as acusadas ficaram em silêncio durante a audiência. No Acre, a Justiça ouviu oito testemunhas. A data do julgamento ainda não foi definida.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.