ACRE

Mulher que se apresenta como professora da UFAC chama acreanos de deficientes mentais

22 Jul de 2019 do YacoNews
Por Leônidas Badaró do ac24horas

O final de semana foi uma polêmica só após um perfil no Facebook de Catarine Almeida, que se apresenta como professora da Universidade Federal do Acre (UFAC), atacar os acreanos e gerar revolta em vários internautas.

Em dos comentários, Catarine diz que veio ao Acre porque queria tomar a vaga de um acreano depois que soube que havia vagas para medicina e que os acreanos seriam capazes de ingressar nessas vagas por causa de sua deficiência mental.

Em outro comentário, Catarine afirma que “graças a Deus que vocês acreanos são tão burros que tomamos a vaga de emprego de vocês. Além de burros e incompetentes estão sendo trocados”.

Como não poderia ser diferente, centenas de acreanos ficaram revoltados com as declarações, cobraram respeito e se surpreenderam com a forma desrespeitosa que tratou o povo do Acre, mais ainda vindo de alguém que afirma ser professora de uma universidade pública.

Perfil fake?

Após toda a polêmica, o perfil de Catarine Almeida foi excluído do Facebook. 

Consultada pela reportagem, a UFAC declarou que ela não é professora da instituição, já que não há nenhuma servidora com este nome em seu quadro funcional

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.