POLITICA

Dos oito deputados do Acre na Câmara, sete votaram pela aprovação da Reforma da Previdência

10 Julho de 2019 do YacoNews

O poder de articulação do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e do governador Gladson Cameli (Progressistas) influenciou a maioria absoluta da bancada acreana na Câmara dos deputados a votar pela aprovação da Reforma da Previdência na noite desta quarta-feira, 10. Dos oito parlamentares, sete votaram favoráveis a proposta do executivo.

Os deputados do Acre que votaram a favor foram Flaviano Melo (MDB), Jéssica Sales (MDB), Mara Rocha (PSDB), Jesus Sérgio (PDT), Manuel Marcos (PRB), Vanda Milani (Solidariedade) e Alan Rick (Democratas). A deputada pelo PCdoB, Perpétua Almeida foi a única representante do Estado a votar contra.

A parlamentar do PCdoB disse por meio das redes sociais que votou não pela reforma por ela retirar conquistas importantes dos trabalhadores. “Sacrifica os mais pobres e não mexe com os ricos. Quem votou nesta reforma, votou contra o povo pobre, os trabalhadores, a Bíblia e a Constituição Brasileira”. Incoformada, Almeida citou a frase do professor Darcy Ribeiro: “Meus fracassos são minhas vitórias. Eu detestaria estar no lugar de quem me venceu.”

Já o deputado Alan Rick, que votou pela aprovação, classificou o ato como histórico. “Hoje foi um dia histórico, algo raro de se ver, até mesmo em pautas muito importantes: com o voto de 510 Deputados Federais, aprovamos o texto da Reforma da Previdência. Foram 379 votos a favor e apenas 131 contra. Ao Brasil, isso significa mais um passo em direção à retomada do crescimento econômico, que perdemos devido a anos de gestão perdulária e voltada ao bem não da nação, mas de apenas um partido.. Hoje, avançamos em direção a um Brasil mais desenvolvido e justo”, enfatizou.


Por 379 votos a 131, o texto-base da proposta de emenda à Constituição (PEC) de reforma da Previdência, que altera as regras de aposentadoria foi aprovada.


Com informações do ac24horas

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.