ACRE

Acre volta a ficar de fora e torcedores vão acompanhar Copa América à distância

02 de Junho de 2019 YACONEWS
Por: Pixabay.com


A Copa do Mundo de 2014 marcou bastante os brasileiros, tanto pelos resultados em campo como também pela organização. Além da derrota histórica por 7 a 1 em Belo Horizonte, a competição não passou pelo Acre e deixou a Arena da Floresta sem uma ampliação. Em 2019, o Brasil volta receber um torneio de seleções, e mais uma vez deixa a capital Rio Branco, assim como toda a região norte, fora da disputa.
Com uma capacidade de quase 30 mil torcedores, o principal estádio da região teve o futuro discutido durante a escolha das sedes da Copa do Mundo de 2014, ou seja, quase seis anos atrás. Rio Branco queria ser um dos locais a receber o torneio, e utilizou uma proposta de renovação da Arena da Floresta para isso. No entanto, Manaus acabou sendo escolhida, principalmente pelo projeto da Arena da Amazônia, e o Acre ficou de fora.
Sem a presença no Mundial de 2014, o estádio acreano sofreu para conseguir recursos e uma nova reforma. Ele acabou tendo problemas na estrutura que só começaram a ser resolvidos este ano, após um acordo que demorou alguns meses para acontecer. A casa do Rio Branco, que lotou o estádio em 2006 quando venceu a Seleção Brasileira Sub-20 por 2 a 1, se transformou em uma incógnita.
Quando o Brasil foi escolhido como sede para a Copa América de 2019, algumas notícias colocavam a Arena da Floresta como possível escolha. Porém, assim como foi em 2014, o Acre ficou de fora. A escolha da Conmebol foi por deixar as sedes mais próximas uma das outras, então os estados do Centro-Oeste e do Norte acabaram preteridos. Apenas cinco cidades foram escolhidas. O torneio vai acontecer em Salvador, Porto Alegre, Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro.
Torcida de longe
Dentro de campo, o objetivo da Seleção Brasileira é conseguir acabar com o outro ponto negativo deixado aos torcedores. Em 2014, a equipe sofreu a histórica goleada por 7 a 1 e acabou se despedindo em ritmo melancólico. Dessa vez, a equipe é favorita em quase todos os sites especializados em prognósticos de futebol. No dia 30 de maio, o Brasil aparecia com 60,2% de chance, deixando Argentina e Uruguai com poucas esperanças de conquista.
A estreia do Brasil está marcada para o dia 14 de junho, no Morumbi, em São Paulo. A equipe treinada por Tite vai enfrentar a Bolívia, pela primeira rodada do Grupo A. Depois, o elenco viaja até Salvador, na Arena Fonte Nova, para enfrentar a Venezuela. O último jogo da primeira fase acontece na Arena Corinthians, novamente na capital paulista, contra a seleção peruana do atacante Paolo Guerrero.
Mesmo distante dos jogos, a torcida acreana deve apoiar o Brasil na luta pelo primeiro título com Tite no comando. Após o fracasso no Mundial da Rússia, no ano passado, o treinador precisa de um resultado positivo. Levantar o troféu da Copa América seria excelente, principalmente na preparação para as Eliminatórias do Mundial do Catar. O principal objetivo da CBF ainda é o hexa, que está demorando para acontecer.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.