ACRE

Prefeito Ilderlei Cordeiro mostra o asfalto de Cruzeiro do Sul para prefeitos acreanos

06 Mai de 2019 do YacoNews

Uma mistura de areia grossa, média e fina, 3 % de um cimento fabricado com um colante feito em Cruzeiro do Sul, 10% de emulsão asfáltica, 10% de água e o resto é pedra. É o Micro revestimento com Polímero, que está fazendo toda a diferença nas ruas da cidade e o prefeito Ilderlei Cordeiro, mostrou para 16 prefeitos acreanos nesta segunda-feira. A visita dos perfeitos às ruas é parte da programação da Reunião da Associação dos Municípios do Acre – AMAC, no Vale do Juruá.

O micro revestimento é conhecido em todo o Brasil. O diferencial em Cruzeiro do Sul é que a emulsão foi feita para o tipo especifico de areia da região. Todas as misturas foram feitas com esse cimento especifico, que tem agregados locais e um composto químico trazido do Amazonas que confere ao produto, efeito plastificante. O cimento é resistente e flexível. Outro diferencial é o número de pessoas por equipe, menor que na aplicação do CBUQ. De acordo com o prefeito Ilderlei Cordeiro, “70% de tudo osso é produzido aqui em Cruzeiro do Sul, gerando emprego e renda”.

A prefeita Socorro Neri, presidente da AMAC, que não foi ás ruas com os demais prefeitos, porque havia visto as ruas no dia anterior, disse que o prefeito Ilderlei Cordeiro “ está na vanguarda da busca de soluções tecnológicas e que barateiam em até 40 % o custo”, citou, mas esclarecendo que só vai usar a técnica em Rio Branco, depois de comprovada a eficácia na aplicabilidade lá. A grande quantidade de buracos em Rio Branco é a causa de grandes críticas à prefeita Socorro Neri, que anunciou ter mais de R$ 50 milhões ara investir na melhoria da malha viária da capital.

Fernanda Hassem, prefeita de Brasiléia, enviou engenheiros da prefeitura há 15 dias para Cruzeiro e veio agora pessoalmente verificar o uso do asfalto. Ela já sabe, que se for usar essa tecnologia, vai incluir pedra no lugar de parte da areia. “A pedra para mim fica mais barata. Esse é o futuro até pela mão de obra: veja aqui a equipe é menor do que na aplicação do CBUQ”.

Além do novo asfalto, cerca de 6 KM de ruas em Cruzeiro do Sul, tiveram a sinalização revitalizada. O trabalho de produção e aplicação do Micro Revestimento é feito pela Organização Não Governamental CBCN, com sede em Minas Gerais, que também faz a gestão dos resíduos sólidos de Cruzeiro do Sul.


DNIT

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT, usa o Micro Revestimento Asfáltico em 70 KM da BR 364 sentido Cruzeiro do Sul Rio Liberdade. O superintendente do Departamento, Carlos Moraes, cita que a técnica é antiga e que tem algumas aplicações especificas, como rejuvenescer e impermeabilizar pavimentos já estruturados. “ O Micro Revestimento não tem função estruturante e só é recomendado para vias com boas sub-base e base”.

com informações! ac24horas.com

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.