SENA MADUREIRA

Funcionário da Difusora de Sena Madureira está há quatro meses sem receber o salário

05 Mai de 2019 do YacoNews


Sidney da Cunha Bezerra, 36 anos, três filhos. A esposa, desempregada. A família, sem nenhuma renda, vive de doações de parentes e amigos. Impossível imaginar que um locutor da Rádio Difusora de Sena Madureira, que se comunica com autoridades diversas, todos os dias, esteja submetido a tamanho constrangimento. “Não passo fome por que tenho amigos. Eu ajudei a tirar o PT do poder. Eu sou aliado. Eu fiz campanha sem ganhar nada”, relata. Ouça abaixo o áudio do locutor, em entrevista ao acjornal neste domingo


O rapaz não recebe salários há quatro meses, desde que foi exonerado e convocado verbalmente para continuar exercendo as suas funções no Sistema Público de Comunicação, gerenciado pela secretária Silvânia Pinheiro. Ele é indicação do casal Vieira, do grupo do vice-governador Major Rocha, que tentou intervir mas a sua ordem foi descumprida pela secretária e pelo chefe da Casa Civil, Ribamar Trindade. O trabalhador viu a secretária uma vez no ano.


“A secretária disse que não podia me nomear, por que o governo estava reduzindo os cargos comissionados. Eu todo dia tiro foto do Diário Oficial e vejo que estão sendo nomeados um monte de gente na Secom. Como não tem dinheiro? “Eu trabalho com dignidade, e estou aqui por que eles pediram e prometeram resolver a minha situação”, diz o radialista que apresenta o Programa Bom dia Cidade, das 6 às 7 horas, faz edições e reportagens de rua, cumprindo uma jornada de seis horas diárias. O profissional ainda tem participações frequentes no Programa Fale com o Governador.


Na mesma emissora, a secretária de Comunicação emplacou um sobrinho, também natural de Sena Madureira. Tiago Henrique de Carvalho Silva Santos foi nomeado duas semanas após ser indicado pela generosa família Pinheiro.




por:acjornal.com

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.