BRASIL

Prefeito de Nova York chama Bolsonaro de 'ser humano perigoso', racista e homofóbico

13 Abr de 2019 do YacoNews

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, chamou o presidente Jair Bolsonaro de "ser humano perigoso" e pediu que uma homenagem a ele programada para ocorrer no Museu de História Natural dos Estados Unidos no dia 14 de maio seja cancelada.

"Bolsonaro não é perigoso somente por causa de seu racismo e homofobia evidentes", afirmou De Blasio na sexta-feira, 12, durante entrevista à emisora de rádio WNYC. "Infelizmente, ele também é a pessoa com maior poder de impacto sobre o que se passará na Amazônia daqui para a frente."

O prefeito comentou a cerimônia de gala da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos para homenagear Bolsonaro como "Personalidade do Ano". O órgão reservou o Museu de História Natural, em Nova York, para realizar o evento e conceder a honraria. Todos os anos, a Câmara escolhe duas personalidades, uma americana e outra brasileira, e as premia em seu jantar de gala para mais de mil convidados, com entradas ao preço individual de US$ 30 mil, que estão esgotados.



Estadão 

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.