SENA MADUREIRA

De olho na exportação, prefeitura de Sena Madureira discute implantação do SISBI

12 Abr de 2019 do YacoNews

O Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI-POA), que faz parte do Sistema Unificado de Atenção a Sanidade Agropecuária (SUASA), padroniza e harmoniza os procedimentos de inspeção de produtos de origem animal para garantir a inocuidade e segurança alimentar.

Os Estados, o Distrito Federal e os Municípios podem solicitar a equivalência dos seus Serviços de Inspeção com o Serviço Coordenador do SISBI. Para obtê-la, é necessário comprovar que têm condições de avaliar a qualidade e a inocuidade dos produtos de origem animal com a mesma eficiência do Ministério da Agricultura.

Nesse sentido, representantes da prefeitura de Sena Madureira e de empresários locais reuniram-se com o auditor fiscal agropecuária, João Carlos Aranha, que veio orientar os profissionais da prefeitura local para aderir ao sistema 

"Uma vez o município aderindo ao sistema, as empresas fiscalizadas por ele poderão comercializar seus produtos em todo território nacional, ampliando assim, seu leque de comercialização que vai gerar divisas ao município. A empresa pode aumentar sua produção, vender seus produtos para fora do estado ou município, aumentando sua arrecadação e gerando emprego. Então, entrando no SISBI o município só tem a contribuir para a economia local", orienta o auditor.

Com a adesão, as empresas cadastradas terão acesso ao selo nacional do SISBI. "Para isso o município de Sena Madureira ainda precisa de estruturação do serviço de inspeção, atualização das leis e criação de normas de fiscalização dos estabelecimentos", disse o auditor.

O veterinário da prefeitura de Sena Madureira, Rodrigo Bortolan, afirma que a secretaria municipal de saúde é a responsável pela inspeção para poder adquirir a certificação do sistema.

"Já fazemos uma inspeção, no entanto, teremos que aderir as normas mais exigentes, assim, poderemos colocar o produto de origem animal produzido em Sena em qualquer estado brasileiro, a exemplo de Rondônia que já aderiu. Então, consequentemente teremos mais emprego e renda, inclusive, atraindo outras empresas, como frigorífico e láticinio que atuam nesse setor", avalia o especialista. 

A prefeitura de Sena Madureira demonstrou interesse na proposta que poderá ser concretizada nos próximos meses.



Assessoria 

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.