DESTAQUE

Polícia Civil investiga suposto ‘falso médico’ que atuava em Sena Madureira

18 Mar de 2019 do YacoNews

 Acusado de não possuir registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) – requisito indispensável para a atuação profissional -, Emanuel Júnior vinha atuando como médico no município de Sena Madureira, no interior do Acre, e  poderá ser preso nos próximos dias. Segundo informações obtidas pela reportagem uma investigação iniciada pela Polícia Civil no intuito de descobrir a verdadeira identidade de Emanuel, a partir de denúncias feitas por moradores da região, concluiu que ele teria cometido os crimes de estelionato, falsidade ideológica e exercício ilegal da profissão,

 A investigação é mantida sob sigilo pela polícia. E o que se sabe até o momento é que o investigado fugiu da cidade, tendo ainda desabilitado o chip do celular.

Entenda o caso

 Emanuel Júnior, que se apresentava como terapeuta, é acusado de ingressar no quadro de servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Sena usando documentos pertencentes a Tayron Ismael, incluindo dados bancários. Tayron, por sua vez, é registrado no CRM do Acre e atualmente mora na Bolívia.


Fonte: Contilnet

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.