ACRE

Na UPA da Cidade do Povo, paciente agride e ameaça publicar imagem de enfermeira em grupos de facções no WhatsApp

 08 Mar de 2019 do YacoNews

O Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre (Sintesac) repudiou por meio de nota na tarde desta quinta-feira, 07, o que considera uma atitude grotesca, antiprofissional, grosseira, sem qualquer respeito e zelo contra a enfermeira Rosely da Costa Modesto (39), que, segundo a entidade, foi agredida verbal e fisicamente por uma paciente, mãe de uma criança que precisava de atendimento na UPA da Cidade do Povo. O caso ocorreu na terça-feira, 05, e foi parar na Delegacia de Flagrantes.

 A paciente chegou a ameaçar Rosely, após diversas agressões verbais, informando que publicaria imagens da profissional de saúde em grupos de facções criminosas no WhatsApp. Apesar de a enfermeira seguir todos os protocolos necessários, a paciente chegou a exigir o prontuário, o que foi negado.

 Agredida e ameaçada continuamente pela paciente, Rosely acionou a polícia, mas, segundo o sindicato, com base em relatos da profissional, "o policial Militar que atendeu a ocorrência tirou o telefone de sua mão de forma truculenta e ainda disse que iria algemá-la, no momento em que a enfermeira contava a situação para sua superior na Upa".

 O Sindicato dos Servidores da Saúde promete acionar a Justiça.


Notícias da Hora

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.