SENA MADUREIRA

Em nota diretor do UPEM de Sena Madureira se manifesta sobre supostas denúncias de agressões a detentos

26 Mar de 2019 do YacoNews

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Diante da reportagem com a manchete "EM TEXTO MULHERES DE DETENTOS DENUNCIAM SUPOSTAS  AGRESSÕES  NA HORA DE TRANSFERÊNCIAS DOS MESMOS", a direção da Unidade Prisional Evaristo de Moraes - UPEM, vem a público esclarecer que:

1 - Houve transferência de presos desta unidade, dos blocos 03 e 04 para os novos blocos construídos recentemente nesta UPEM.

2 - A transferência foi executada por agentes penitenciários locais, com o apoio do GPOE e Canil, autorizados pela direção estadual do IAPEN.

3 - A direção desta unidade acompanhou os procedimentos de perto durante os dias 25 e 26 de março de 2019.

Diante do exposto, repudia qualquer tipo de suposição, julgamento precipitado ou acusação de qualquer pessoa. Afirmamos que não houve agressão física aos presos, e que 05 internos levados ao hospital local, obedeceram aos procedimentos de revista, tendo em vista que o detector de metais da unidade indicou sinal positivo, cujas dúvidas foram sanadas somente no Raio-X do hospital local. Ainda sobre isso, esclarecemos que os presos em questão não foram encaminhados ao atendimento médico, sendo tão somente ao crivo do Raio-X, tendo, em seguida, retornado normalmente para esta unidade.

Concernente ao emprego de cães farejadores, esses têm a finalidade de localizar ilícitos e que fazem parte desse tipo de procedimento, sendo controlados por agentes penitenciários que coordenam o chamado Canil, e nenhum preso foi atacado. Assim também como não houve disparo de arma de fogo (bala de borracha) durante a mudança de prédio. 

Por fim, queremos repor a verdade dos fatos sobre a ação de transferência que obedeceu todas as técnicas e procedimentos adquiridos pelos bravos e guerreiros agentes penitenciários nos mais diversos cursos táticos oferecidos pelas forças de segurança do Acre e do Brasil. A mudança se deu de maneira positiva e sem alteração. Neste momento a rotina é normal no presídio.


Valquer Oliveira 
 Diretor da Unidade Prisional Evaristo de Moraes - UPEM.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.