SENA MADUREIRA

Após ter carro danificado nos buracos, agente penitenciário desabafa nas redes sociais sobre péssimas condições das ruas do bairro Cidade Nova

18 Mar de 2019 do YacoNews 

 O Agente penitenciário Dênis Araújo e morador do bairro Cidade Nova zona central de Sena Madureira usou sua página no Facebook pra demonstra sua indignação com as condições da rua no bairro que reside após danificar seu veículo.

 Araújo em sua postagem ainda orienta condutores de veículos a não passarem no local por temer que mais carros sejam danificados.

 Não é a primeira vez que o YacoNews noticia sobre essa mesma rua que está em condições de intrafegabilidade desde o ano passado. O morador ainda frisa que não aceita que a administração municipal culpe as constantes chuvas, pois segundo ele, nas administrações passadas neste mesmo período chuvoso a rua nunca ficou deste jeito.

Leia na íntegra o texto do morador:

"Aviso aos condutores de veículo, mais precisamente carro de passeio.

Se precisarem ir ao Bairro Cidade Nova, não vão pela rua onde fica localizada a casa do João Sales, são tantos buracos e estão tão profundos que arrancou a frente do meu carro, ou seja, prejuízo.

Se alguém ligado as autoridades responsáveis a essa questão ver esse desabafo e indignação peço que retransmita a mensagem onde peço humildemente nem que conserte, mas que avise os condutores do perigo do prejuízo no bolso caso arrisquem esse caminho, aproveito o ensejo e até recomendo umas placas com os dizeres.
Daqui pra frente é por sua conta, Não entre, estamos cavando para encontrar petróleo, Alugue um jumento deixe seu carro aqui, Permitido a passagem só para aeronaves, Aqui Jaz uma rua.

Não costumo usar a rede social para esse tipo de prosa, mas, quando dói no bolso causa revolta, e não me venha com chorumela de jogar a culpa no inverno, morei quase 08 anos no bairro, e todo ano teve inverno, claro, e aquele pedaço de rua nunca ficou nessa situação, quem mora no bairro e passa lá sabe que isso é verdade.


Quando é pra aplaudir a gente aplaude, mas quando é pra reclamar a gente reclama."




0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.