ACRE

Agora ficou sério! MP pede que Gladson exonere Alércio Dias, Vagner Sales e James Gomes em até 10 dias

26 Fev de 2019 do YacoNews

O Ministério Público do Acre, por meio da 1ª Promotoria de Justiça Especializada de Defesa do Patrimônio Público, expediu recomendação nesta terça-feira, 26, recomendando que o governador Gladson Cameli (Progressistas) exonere o diretor-interino do Acreprevidência, Alércio Dias, o Secretário Extraordinário de Articulação, Vagner Sales, e James Gomes, esposo da senadora Mailza Gomes, nomeado recentemente para o cargo de Diretor de Gabinete da Casa Civil. O documento assinado pela promotora Myrna Teixeira Mendonza enfatiza que o ex-secretário de Educação no governo de Orleir Cameli e os ex-prefeitos de Cruzeiro do Sul e Senador Guiomard, respectivamente, são condenados por improbidade administrativa.

Ainda de acordo com a publicação, o governo do Estado tem o prazo de 10 dias para efetivar a exoneração e também a recomendação de abster de nomear pessoas que sejam condenadas em atos de improbidade administrativa.

A promotora ainda adverte que caso as medidas não sejam tomadas por Cameli, medidas judiciais serão tomadas na Defesa da moralidade administrativa e patrimônio público, mediante ações civis públicas e a apuração de responsabilidade nas esferas civil, administrativa e penal. em razão de omissões ou ações ilícitas.

Procurado pela reportagem, o governo do Acre, por meio de sua assessoria, destacou que a recomendação do Ministério Público, embora seja prudencial, não tem força de lei.” Nomear ou exonerar é prerrogativa exclusiva do governador. Ele ainda não se manifestou sobre o assunto”, disse.


ac24horas

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.