DESTAQUE

Site mostra controversas em nota do MP/AC sobre delegado Rêmulo Diniz

30 Jan de 2019 do YacoNews  


Um dos maiores sites de notícias do Brasil (UOL) questiona em matéria a nota feita pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) MP/AC sobre o caso do delegado Rêmulo Diniz. O portal traz informações que contrariam trechos da nota.

Ainda segundo o UOL, o promotor de justiça que difundiu a nota aparece ao lado de Rêmulo em foto nas redes sociais.

Veja trecho da matéria:

Secretário não foi objeto de investigação, diz MP

O MP (Ministério Público) reforçou que Rêmulo Diniz não foi objeto de investigação do órgão. O foco do processo era o Comando Vermelho, mas documentos do inquérito chefiado pelo delegado Alcino Ferreira de Sousa Junior atestam que, durante a apuração, foi constatado que o secretário fornecia informações privilegiadas a um integrante do CV e tentava amenizar ocorrências de homicídios de policiais militares. 

A Promotoria também afirmou que a conclusão do inquérito policial "não se vislumbrou qualquer ligação da autoridade policial citada com qualquer facção criminosa", diferentemente do que atesta o documento de 887 páginas obtido pela reportagem:

"Informações existentes no inquérito que eventualmente possam caracterizar desvios de conduta ou atos ilícitos envolvendo a autoridade policial em questão foram encaminhadas pelos membros do Ministério Público que autuaram na investigação, à Corregedoria de Policia Civil e à Promotoria Especializada no Controle Externo da Atividade Policial para fins de apuração", informou a Promotoria, em nota. 

A nota, assinada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) foi difundida pelo promotor Bernardo Albano que tem, assim com o delegado Getúlio Teixeira, fotos com o delegado Diniz publicadas em rede social.  


Delegado Rêmulo Diniz, da Polícia Civil do Acre, com o promotor Bernardo Albano
Imagem: Reprodução/Instagram
A reportagem apurou que se reuniram na manhã desta quarta-feira o vice-governador, os dois delegados e o promotor Albano. O vice-governador afirmou ao UOL que se reuniu apenas com os dois delegados.

Link AQUI da matéria na íntegra.

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.