POLITICA

Mesmo condenado e proibido de assumir cargo público, Vagner Sales é nomeado por Gladson Cameli

29 Jan de 2019 do YacoNews

A pesar de ter sido condenado por peculato e ser réu em outros 15 processos, a maioria deles por improbidade administrativa, o ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales (MDB), foi nomeado nesta terça-feira, 29, pelo governador Gladson Cameli (PP) para assumir a Secretaria Extraordinária de Articulação Política.

Na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) de hoje também consta nomeação do filho de Vagner, Fagner Rojas Sales como diretor-executivo do Departamento de Estradas de Rodagem (Deracre), que também é ficha suja.

De acordo com a sentença de condenação da Câmara Civil do Poder Judiciário, Vagner Sales teve os direitos políticos caçados pelo prazo de cinco anos e está proibido de contratar com o Poder Público, de receber benefícios, creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de cinco anos.

A nomeação de Sales, questionada por correligionários de partido de Gladson Cameli, evidencia os velhos hábitos da política, que se vendeu como “nova”. Em 28 dias de gestão, o novo governador do Acre já descumpriu boa parte das suas promessas de campanha e segue agraciando parentes de políticos para o alto escalão do governo, enquanto a militância fica desemparada.


Juruá em tempo

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.