ACRE

Baixa: Bombeiros repudiam atitude de Galdson em parcelar metade do 13°

17 Jan de 2019 do YacoNews

O primeiro repúdio textual e público a um ato do governador Gladson Cameli veio do Corpo de Bombeiros apenas 16 dias depois de o ex-senador assumir o cargo. O soldado Diego Júnior assina a nota em nome da Associação dos Praças do Corpo de Bombeiros Militar, condenando o parcelamento do residual do 13° salário de 2018. Júnior não gostou da medida apesar, segundo ele, de ter sido causada pelo governo de Sebastião Viana. “Tal medida, ainda que originada em decorrência de descaso da Gestão passada, é danosa aos servidores públicos civis e militares, razão pela qual destacamos nosso protesto pela forma escolhida de parcelamento e também pela falta de prévia negociação com os sindicatos e associações de classe antes da definição e anuncio da medida austera adotada”, diz a nota dos bombeiros praças.

Leia o texto na íntegra:

                                         Nota de Repúdio

Tal qual todos os servidores públicos, ficamos sabendo via imprensa do parcelamento da metade do décimo terceiro salário de 2018 em 10 parcelas, anunciado pelo Governo Gladson Cameli neste final de tarde/início de noite.

Tal medida, ainda que originada em decorrência de descaso da Gestão passada, é danosa aos servidores públicos civis e militares, razão pela qual destacamos nosso protesto pela forma escolhida de parcelamento e também pela falta de prévia negociação com os sindicatos e associações de classe antes da definição e anuncio da medida austera adotada.

Sabemos que o atual governo está em seu décimo sexto dia, todavia o salário é direito sagrado do trabalhador público e privado.

O Novo Governo errou na ausência de prévio debate, na forma abrupta de divulgação e no enorme fatiamento da metade do 13° salário de 2018!

Infelizmente não podemos resolver tal situação, mas estaremos em busca de informações e melhor resolução para o caso junto a quem de direito.

Diego Júnior – SD BM

Tesoureiro da APRABMAC


16/01/2019

0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.